26 janeiro 2011

TRIO TERNURINHA COM COMICHÃO DA VERDADE

Afinal ,mais um capítulo da mini série histórica “A COMICHÃO DA VERDADE’
Resumo dos capítulos anteriores: nem  eu me lembro.

“PAM PAM PAM PAM !!!” – ouviram-se batidas à porta da sala comichonada.

POLICARLOS BELEZA ( O Médium Global)   – Ui, me arrepiei todo, são as batidas da 9ª .

INDIO DA FRENTE  –  Da 9ª Delegacia?  A do Catete?

DELEGADO FLEURINHO  – Não , babaca:. a de Beethoven.

DONA GEINHA – Nossa!... O senhor além de torturador  é culto... Como percebeu que eram as pancadas de Beethoven?

FLURINHO - Eu o conheci de forma íntima.  Fui eu que deixou ele surdo com quatro telefones e quatro pancadas  que lhe apliquei nums sessão.

Novamente à porta:  ‘PAMP PAM PAM PAM “

DELÍRIO SALVADA  – Quem bate?

Do lado de fora da sala respondem: “É o frio...”

DELÍRIO – (Cantarola) Não adianta bater, eu não deixo você entrar as Casas Pernambucanas...

JANDIRÃO – Componha-se Delírio. ( Em direção á porta)Pode entrar.

Entram três cavalheiros e uma senhora. Todos muito distintos.

JANDIRÃO – Identificação, por favor.

TRÊS – Somos o “Trio Ternurinha”..

ADHEMAR – Eu sou o Adhemar, o do cofre, o do “rouba mas faz”.

LUISA ERODIDA – (Sussurra para Delírio) Acho que é o pai do Maluf...

MAGALHÃES – Eu sou o das Minas, o do banco que era Nacional e meu também.

LACERDA -  E eu sou o da rima rara no nome.  Também chamado de “O Corvo do Guanabara”.

JANDIRÃO – (com sua delicadeza contumaz) -  E essa senhora vestida de rosa maravilha aí do lado dos Srs., quem é?

SENHORA - Não sou uma senhora! Sou o Cardeal  da Marcha com Deus!

JANDIRÃO – Mas assim, de saia rodada, colar,   e de  touca lilás?

CARDEAL - É a liturgia do cargo.

JANDIRÃO -   (à parte para Luisa Erodida) pra mim é boiolagem.

ERODIDA –  Vamos respeitar a diversidade. Deve ser mais um desses ...desses...talvez seja a mãe da Ariadinah. Irmã do Ahmadinejadh.

JANDIRÃO  - Também vieram depor?

ADHEMAR – Viemos nos queixar.

ERODIDA – Queixar... de que?

LACERDA – Da revolução que virou golpe, e do golpe que nos deram.

MAGALHÃES  - Foi um temendo caixote.

Amanhã: COMICHÃO DA VERDADE APURA GOLPE CONTRA GOLPISTAS.
Se você não está gostando desta história, dane-se. Foi o melhor que pude escrever.
Não sou pago pra isso. Vá se queixar ao Paulo Coelho.
kiakiakiakia

3 comentários:

  1. Diferença: Paulo Coelho escreve fantasias como se fossem verdades. O Bemvindo escreve verdades como se fossem fantasias...

    ResponderExcluir
  2. Anda muito inspirado esse menino - rsrs

    ResponderExcluir
  3. Huauhauha muito bem lembrado, os golpistas que ficaram chupando dedo - se bem que desses aí o do banco do guarda-chuva até que se deu bem, aliás, junto com ele um certo piloto de F-1 que, tal como o Jornal Nacional, tinha o patrocínio desse banco, com dinheiro sabe-se lá vindo de onde!

    A comichão está cada vez mais incendiada! E está muito bem relatada!

    ResponderExcluir

Deixe um comentário.