11 fevereiro 2014

Black Blocs: a Vã Guarda!


                                                 Não era um rosto, era uma máscara.

Na guerra de guerrilhas tem-se diversas formas de organização para a luta.
Uma delas é a autodefesa das massas.
É quando a vanguarda armada toma um determinado território e passa a garantir a segurança dos seus habitantes.
É uma fase bem posterior à coluna e ao foco guerrilheiro. É  a fase já do Exército de libertação.
A luta armada é adotada sempre como último caminho para a conquista da liberdade, seja do jugo colonialista, seja do jugo de uma ditadura.
No Brasil democrático de hoje não faz sentido nenhuma ação violenta, quer nas cidades, quer nos campos.
Lutamos muito, e até  armados, para conquistar o direito democrático de acesso à Justiça e ao Voto.
Quando manifestações ocorrem nas ruas das cidades brasileiras e não se define as lideranças,  a vanguarda violenta assume a liderança no grito. Quero dizer: foi pra rua com Black Blocs à frente vira tudo um Black Bloc só.
Enfrentar a PM como se estivéssemos em campo de guerra é de uma estupidez que somente malucos esquerdistas podem imaginar.
Criar um grupo que se autodenomina BlackBloc e que parte para a autodefesa das massas nas manifestações é ridículo.
Tudo que esse grupo tem conseguido é afastar das ruas os manifestantes, é melar justas reivindicações.
Cada dia diminui mais e mais o número de pessoas em quaisquer manifestações.
E agora a tragédia. Os malucos conseguiram um feito espetacular: assassinar um cinegrafista.
Grande luta! Grande defesa das massas! Grande enfrentamento do Poder!
Irresponsabilidade, ato criminoso, antidemocrático isso sim. 
A luta contra as injustiças, e contra as desigualdades sociais no País democrático ganha-se nas urnas.
Muitos dos nossos deram a vida por isso. Pelo direito democrático.
E não escondiam o rosto debaixo de máscaras.
A recente frase de Lula serve pra todos com máscaras ou mascarados: "Mostra a cara!!!" 



Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Deixe um comentário.